sábado, outubro 27, 2012

Entre a cruz e a espada


              Havia lavado minuciosamente a faca antes de perpetrar o crime. Dizem até que usou álcool para desinfetá-la. Na delegacia ao ser perguntado sobre o estranho ritual que praticara o acusado respondeu sem objeções: _ Lavei sim seu delegado, vai que a moça não morresse com os golpes e pegasse uma infecção qualquer? O senhor já viu como está o atendimento nos hospitais? Viu as filas? Deixar por conta do serviço público já é muita crueldade. Isso eu não faço não!


Fabiano Silmes

Um comentário:

Lu Rosário disse...

Nossa! Amei! Hahahahaha.

Beijão!