segunda-feira, julho 16, 2012

Kerouac através das páginas

















Quero as estradas desimpedidas
Rumo ao oeste sempre em frente
Num possante cadilac a sessenta
E com uma garrafa uísque ao lado
Hei de ver o que o horizonte esconde.

Fabiano Silmes