quinta-feira, novembro 24, 2011

Poema de despedida

Disfarça amor
Amor disfarça

Finge outra coisa
Menos dor

Vai logo põe riso
Nessa face

Finge que nada
Mudou

Disfarça a mágoa
Pinte o sete

Mas não se esqueça
Do que restou

Disfarça esse coração
Quebrado

Amor disfarça

Finge que não foi você
Que quebrou

Amor disfarça
Eu vou sair para ser feliz
Quem sabe até um dia
Eu volte só para te dizer
O que se passa.

Mas por enquanto amor
Disfarça.


Fabiano Silmes

sexta-feira, novembro 18, 2011

Amy

A voz de veludo
O tom perfeito

A mansa transição
Entre os espaços
Complexos do ser

Jaz aprisionada

Definitivamente
No interior da boca
Da cantora morta e
Enterrada

Sob o silêncio das flores.



Fabiano Silmes

terça-feira, novembro 08, 2011

Palhaço Estrela Coração

O show acabou palhaço
Vai, tire logo essa máscara...

Limpe essa maquiagem do rosto.
Vá, desapareça por entre esta multidão
Que te ama e te detesta, em grito e vaias

O mundo é duro, a luta é difícil, o riso é escasso
Mas não desanime não, lembre-se, meu amigo:

O show acabou por hoje, mas amanhã tem mais.


Fabiano Silmes