quarta-feira, fevereiro 16, 2011

Anti-recíproca

Reta, antes, depois e sempre
.Ponto e semireta
Interação mágica
Composição cósmica
Dádiva ou maldição
De maldade ou de-coração
Somos feitos
De feitos
Nossos e ou de outros
Mas sempre feitos
Com efeitos, duvidosos,
Etéreos e até luminosos
Seja como for
Só ou inacreditável
De tantas palavras e poucos dizeres
Doce loucura, mãe da abstração
Só, brio por um pouco
Fazendo derramar pelo caminho
O caminho absorvido
Acompanhado pelo momento
Pai dos planos
E também do resto, assim
Servindo chocolate e vinho
Sobre o cadáver frio da obsessão
Que acabou por fazer da vida
E tudo mais
Que se permita acreditar
Enquanto o suspiro soar
E a vontade brilhar
Na profundeza de um olhar
Sincero e distante
No caos das horas esquecidas
Testemunha ocular
De um triste adeus
Semireta e ponto.

160total211

domingo, fevereiro 06, 2011

Forma uma
Depois outra forma

Antes era diferente de agora
Mas agora esta igual à antes

Fio final da lógica
Perdida em pleno labirinto
Das palavras não ditas

Na passagem ligeira
De mais um dia

060total211