sábado, agosto 01, 2009

A escolha

Alegria tristeza e dor
Tudo acontece por acaso.

Não temos nenhuma escolha
Somos jogados nesse mundo

Por este insondável mistério
Que cruelmente joga os dados

Sem escolhas vivemos...
Sem escolhas insistimos...
Seguir ou não o que foi escrito.

Ah! Pudesse eu escolher
Escolheria com gosto
A alegria de não ter nascido.


Fabiano Silmes

4 comentários:

to0T4L disse...

Em algumas coisas não temos escolhas, em outras sim ... vide este poema.

F. Reoli disse...

E no jogo da vida os dados costumam ter mais do que 6 lados... abração.

Luis Eustáquio Soares disse...

salve. q nascer é uma tragédia, por isso mesmo utopizamos...
meuabraço,
luis de la mancha

tzar disse...

O MELHOR DE TUDO É NÃO SABER OQ VAI SER DAS NOSSAS VIDAS!!

GRANDE ABRAÇO!!!