sábado, abril 14, 2007

O querer

O que dói não é a dor,mas o corte.
O que mata,às vezes liberta.
O que ama,às vezes detrói.
O que se deseja é o que se quer,
Mas nem sempre se tem o que se deseja,
Mas sempre se quer mais do que se tem.
E por isso tão cheios de querer
Às vezes nos sentimos vazios,
E vazios,revelamos nossa fraqueza.
Às vezes o mais forte chora,
E às vezes o mais fraco sorri ao seu destino.
No entanto,não chora e nem sorri o Destino.
Ele apenas vai seguindo o seu curso...
E como o correr de um rio sobre o seu leito
Vai refletindo toda a beleza do céu.

Fabiano Silmes

Um comentário:

to0t4l disse...

O querer e o poder...
vc quiz e fez um belo trabalho,
parabéns
abs