quarta-feira, dezembro 20, 2006

Tree



















ToOt41


Achei ótima a entrevista com o Arnaldo Antunes publicada na revista Língua Portuguesa ed.13 (http://www.revistalingua.com.br), onde o poeta fala um pouco sobre expressões poéticas através de diferentes mídias.
Quem quiser conferir a revista, segue em pdf:







.

7 comentários:

O empírico disse...

Putz, uma vez folhei um livro de poesia desse cara...

Puta que pariu ele é o Homem...

Fabiano Silmes disse...

Uma árvore feita de palavras,
Concretamente,projeta-se
No espaço branco que a resume...
Uma árvore ao qual seu fruto
é a sua própria visão(ofertada em forma) a matar a fome dos incaltos olhos que a devoram...sob o silêncio complicioso do poeta que a plantou_CONCRETA-
-MENTE.

fabíola colares disse...

então, muito bacana seu blog. olha só, vamos marcar de conversarmos e vermos juntos uma possibilidade de participação. se precisar dou uma declaração de que vc mora em vitória. beijos e obrigada pela visita.
fabíola colares

Rebeca dos Anjos disse...

O que é esse cara, né? Quando crescer quero ser que nem ele!

Viajei na árvore!

Beijos! Feliz Natal!!!!!!!!!!!!!

Sabrina disse...

Como já havia dito, adorei seu poema; é muito criativo! L.U

maieiros disse...

uma ótima construção concretista.È perceptível a tendência concretista nesse poema. uma facilidade notável que parece ser para vc ..

smap disse...

viagem essa idea da arvore,muito louco!!!