quarta-feira, janeiro 25, 2006

Ideologia Utópica

Certamente não se vive de Utopias, mas sem utopias não se vive: a utopia é a vida, a arte e suas infinitas possibilidades, é a capacidade humana de acreditar; no impossível e no improvável.
O pensamento utópico muita das vezes não se restringe a um indivíduo mas uma massa que difunde conceitos próprios de suas comunidades específicas (como forma de falar, vestir, agir e etc...) ou seja uma ideologia de vida. A ideologia é uma forma que as pessoas encontram como resposta aos absurdos do seu tempo. Mesmo que não se assuma uma postura ativa do pensamento de certas comunidades ideológicas , nenhuma pessoa se exime de ter em si algum conceito que delas é característico. A necessidade de criarmos ideologias em certo tempo é a mesma de desfaze-las tempos depois. hoje não podemos própriamente dizer que haja uma ideologia puramente comteporânea, pois vivemos em uma retrospectiva ideológica, articulada pela mídia, para anular qualquer pensamento que não seja embasado no consumismo exacerbado que ela representa. O fenômeno que ocorre hoje pela falta de novas perspectivas ideológicas leva-nos a crer: que não se vive de utopias , mas sem elas aceitamos calados o que nos é imposto, como rebanho.

Fabiano Silmes.

2 comentários:

Total disse...

Também quero uma pra viver ...
Abs.

Marcelo Mesquita disse...

A utopia faz-se necessária num mundo em que tudo que se pensa, fala, ouve e sente cai na indústria do consumismo exacerbado e globalizado.